• Conheça A Comunidade Terapêutica Vida Nova





    A dependência química é uma doença e precisa ser tratada para que o paciente retorne para a sociedade sóbrio.



    A entidade, fundada em 1998 e localizada no Rio Cerro II, em Jaraguá do Sul, está com um projeto de ampliação previsto para acontecer até o fim do trimestre e busca auxílio financeiro. O objetivo é atender ao crescente número de dependentes químicos que procuram tratamento na microrregião.

    A clínica contará com um espaço para atender até 12 pacientes.

    Com um gasto mensal aproximado de R$ 28 mil, a ONG não tem fins lucrativos e sobreviverá com o financiamento público através de programas do governo, das arrecadações feitas na comunidade, por meio de contas de luz, água ou depósito bancário e doação de cesta básica.

    O dependente químico e alcoólatra só procuram ajuda quando já estão com sérios problemas. Por isso, o tratamento será focado em manter os pacientes em uma rotina saudável.

    Os pacientes também são submetidos a um acompanhamento psiquiátrico e medicamentoso. Todo o tratamento faz com que o indivíduo perceba os danos criados para a sociedade, para a família e para si próprio e restaure tudo isso.




    Conheça o projeto completo /  Foto Ilustrativa
  • 0 Comentários:

    Postar um comentário

    Os comentários são de responsabilidade dos seus autores. Em caso de ofensas, falsas acusações, serão deletados.